top of page
  • Foto do escritorPlano Angelus

Câncer de próstata: tudo o que você precisa saber

O câncer de próstata é uma das preocupações mais significativas em relação à saúde masculina, sendo o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens, superado apenas pelo câncer de pele não melanoma. A cada ano, no Brasil, são diagnosticados cerca de 70 mil novos casos dessa doença. A seguir, falaremos sobre tudo que você precisa saber sobre o câncer de próstata, desde o seu desenvolvimento até as estratégias de prevenção.


Homem médico segurando uma fita azul em símbolo ao Novembro Azul.

| Como o Câncer de Próstata se desenvolve?


A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, responsável pela produção de parte do sêmen. Ela está localizada abaixo da bexiga, próxima ao reto. O câncer de próstata ocorre quando as células da próstata começam a se multiplicar de forma anormal e descontrolada. No início, o tumor é geralmente pequeno e não causa sintomas. No entanto, à medida que cresce, pode causar problemas urinários, sexuais e intestinais.


A próstata é uma glândula vital para a reprodução masculina e seu bom funcionamento. Quando o câncer se desenvolve, pode comprometer o fluxo de urina, a função erétil e outros aspectos essenciais da vida cotidiana.


| Quais são os sintomas do Câncer de Próstata?


Os sintomas do câncer de próstata geralmente não são perceptíveis no início da doença. No entanto, o crescimento do tumor, pode causar os seguintes sintomas:


Dificuldade para urinar, como fluxo fraco ou interrompido, necessidade de urinar com frequência, dor ao urinar ou ao ejacular e presença de sangue na urina ou no sêmen.


É importante ressaltar que esses sintomas são comuns a outras condições médicas e nem sempre indicam câncer de próstata. Portanto, é muito importante que os homens consultem um médico caso experienciem esses sintomas.


| Como é feito o diagnóstico do Câncer de Próstata?


O diagnóstico do câncer de próstata envolve uma combinação de exames físicos, exames de sangue e exames de imagem.


Exame físico: O médico realiza um exame físico da próstata, conhecido como toque retal, que consiste na palpação da glândula através do reto. Este exame permite ao médico verificar se há irregularidades ou anormalidades na próstata.


Exame de sangue: O exame de sangue pode ser usado para medir o nível do antígeno prostático específico (PSA), uma proteína produzida pela próstata. Um nível elevado de PSA pode indicar a presença de câncer de próstata, embora também possa ser causado por outras condições, como infecção urinária ou prostatite.


Exames de imagem: Para avaliar o tamanho e a extensão do tumor, são realizados exames de imagem, como a ultrassonografia transretal, a ressonância magnética e a tomografia computadorizada. Esses exames ajudam os médicos a planejar o tratamento.


| Como é feito o tratamento do Câncer de Próstata?


O tratamento do câncer de próstata depende de vários fatores, incluindo o estágio da doença, a idade do paciente e seu estado geral de saúde. Existem várias opções de tratamento, que podem ser usadas isoladamente ou em combinação:


Ablação térmica: Este tratamento utiliza calor para destruir as células cancerígenas na próstata. É uma opção para tumores pequenos e localizados.


Cirurgia: A prostatectomia, ou cirurgia para remoção da próstata, é uma opção para casos mais avançados ou quando o câncer é localizado diretamente na glândula. Pode ser realizada de diferentes maneiras, incluindo formas minimamente invasivas.


Radioterapia: A radioterapia é usada para destruir as células cancerígenas na próstata. Pode ser administrada através de feixes de radiação externos ou braquiterapia, onde pequenas sementes radioativas são implantadas na próstata.


Hormonoterapia: Este tratamento utiliza medicamentos para bloquear a produção de hormônios que estimulam o crescimento do tumor. É frequentemente usado em combinação com outras terapias.


Terapia Biológica: Também conhecida como imunoterapia, essa abordagem utiliza medicamentos para estimular o sistema imunológico a atacar as células cancerígenas. É um tratamento experimental, e a área de pesquisa sobre o tema está em constante crescimento.


| Como prevenir o Câncer de Próstata?


Embora não exista uma maneira garantida de prevenir o câncer de próstata, existem medidas que podem ajudar a reduzir o risco:


Idade: O risco de câncer de próstata aumenta com a idade, especialmente após os 50 anos. Portanto, exames regulares são essenciais à medida que os homens envelhecem.


História familiar: Homens com histórico familiar de câncer de próstata têm um risco maior de desenvolver a doença. Portanto, a informação sobre antecedentes familiares é importante para avaliar o risco individual. Se houver histórico de câncer de próstata na família, é importante discutir a testagem genética com um médico.


Raça: Homens negros têm maior risco de desenvolver câncer de próstata do que homens brancos. A razão para essa disparidade não é completamente compreendida, mas enfatiza a importância da detecção precoce entre grupos de alto risco.


Dieta equilibrada e exercícios físicos: Uma dieta rica em frutas, vegetais e grãos integrais pode contribuir para a redução do risco de câncer de próstata. Além disso, alguns compostos presentes em alimentos, como o licopeno do tomate, estão associados à redução do risco, pois a obesidade está associada a um risco ligeiramente maior de câncer de próstata avançado. A atividade física regular não apenas ajuda a controlar o peso, mas também pode reduzir o risco de câncer de próstata. Estudos mostraram que homens que se exercitam regularmente têm menor probabilidade de desenvolver a doença.


Evitar o tabagismo e limitar o consumo de álcool: O tabagismo e o consumo excessivo de álcool estão relacionados a vários problemas de saúde, incluindo um risco aumentado de câncer. Portanto, evitar o tabagismo e consumir álcool com moderação são recomendações importantes.


O câncer de próstata é uma preocupação séria de saúde masculina que afeta milhares de homens a cada ano. A detecção precoce é fundamental para o tratamento bem-sucedido, e os homens devem estar cientes dos sintomas, fatores de risco e opções de prevenção. A consulta regular a um médico, especialmente após os 50 anos, é crucial para garantir um diagnóstico precoce e o tratamento adequado, aumentando assim as chances de superar essa doença. Além disso, a adoção de um estilo de vida saudável, que inclua uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios, pode contribuir para a redução do risco de câncer de próstata. Lembre-se de que o conhecimento e a prevenção são as melhores armas contra o câncer de próstata.

Commentaires


bottom of page